cidade dos sonhos

e sobre a linha tênue entre o inconsciente e o consciente?
é um sentimento absolutamente indescritível, pelo menos para mim, quando você é acordado no meio de um sonho. num momento você está num lugar bizarro, focado em algo surreal, pensando sobre absurdos, quando o toque do seu celular toca ao seu lado; primeiro se mistura ao sonho, vc não sabe daonde vem, depois vc entra numa transição nem lá nem aqui, e de repente você não se lembra mais de nada, daonde estava e com quem estava.
daí você lê o nome,a identificação do celular, fica com raiva (geralmente) da pessoa, mesmo pq já sabe o motivo da ligação, o que destroi ainda mais a ambientação que o inconsciente estava construindo.


mas é um tipo de memória estranha demais. como se estivesse pendurada na sua cabeça quase que por um fio de papel, bem fino, quase rasgando. e os barulhos externos são como um ventinho um pouco mais forte, que rasga esse fio e leva a memória com força para bem longe. às vezes tão longe que você nunca mais vai se lembrar! às vezes ela cai há alguns kilômetros, e fica escondida atrás de uma árvore, de um arbusto, e você acaba encontrando semanas/meses depois.

Anúncios

One Comment on “cidade dos sonhos”

  1. Vitor disse:

    Um tanto qto bizarro MESMO! Mas não gosto muito da sensação toda que isso causa. Panico talvez sabe? O melhor mesmo é apagar e não lembrar de nada 🙂

    :*
    Vi


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s